Vinis voltam ao mercado com nova proposta

Em 2017, pela primeira vez em sete anos, a venda de discos superou a de downloads

No ano passado, foram vendidas, aproximadamente, 9 milhões de unidades de discos de vinil nos Estados Unidos, superando a taxa de downloads, pela primeira vez, em sete anos. Foi nesses dados que a startup austríaca Rebeat Innovation encontrou uma grande oportunidade: resgatar a patente do projeto de discos de vinis em alta definição, realizada em 2016, e com um investimento de U$4,8 milhões, desenvolver os produtos

O vinil HD é, basicamente, fabricado da mesma forma que o antigo, mas com menos produtos químicos. A grande diferença está nas ferramentas utilizadas, que garantem um áudio 30% melhor e mais tempo de reprodução, além de maior fidelidade no som gravado. A previsão é que os produtos cheguem ao mercado em 2019. Já está guardando dinheiro pra comprar o primeiro?

Heloise Meirelles é
Social Media na W3.0